Francisco Fernandes – um pouco da sua vida

0
Fotografia: Agrozel
Em 1927 nasceu em Aveleira, Vila de Rei, Francisco Fernandes cuja mente inquieta haveria de deixar legado em Ferreira do Zêzere.
Aos 8 anos cruzou as margens do Zêzere e veio viver para a Cabrieira, onde passou a sua tenra infância a resinar pinheiros, como era hábito na época, e foi precisamente aí que começou o seu primeiro negócio. Aproveitava a força das águas com a Azenha que ainda hoje lá está para contar a história, e assim nasceu uma moagem de cereais, no coração do “Poço Escuro”, hoje conhecido pelos percursos pedestres que ai existem.
Quis o destino que um inverno chuvoso provocasse uma enxurrada tal, que lhe arruinou o negócio em poucas horas. Desacreditado no futuro e na pouca sorte, Chico Silva – como foi ficando conhecido na região – não se deu por vencido. Ergueu-se do prejuízo com a força a que as dificuldades o obrigavam e dedicou-se à destilação de rama para a produção de óleo de eucalipto por algum tempo, enquanto o negócio foi favorável.
..Mas nem tudo se resumiu a trabalho na vida deste homem. Ficou por Ferreira do Zêzere porque aqui conheceu e casou com a “menina Lurdes do Chão da Serra”,e com ela construiu a melhor obra de sempre: a sua própria família, composta hoje por um filho, por dois netos e por um bisneto.
Foi esta a força motriz de todo o seu empreendedorismo e toda aquela garra em querer fazer mais e melhor, em áreas tão diversificadas como a suinicultura, a avicultura, e agricultura e a floresta. Foi com a família e pela família que veio a fundar empresas como a Agrozel, a Comave, a Sicarze, as Rações Zêzere e a Zêzerovo. Implementou negócios, deu sociedades, criou património, gerou emprego.
Ao longo dos anos manteve sempre um estilo de vida humilde, discreto e assertivo, muito marcante na vida de quem com ele se cruzou.
Garantidamente nunca perdeu o foco de criar mais e melhores postos de trabalho e de desenvolver a região.
Foi isso – aliás – que o fez, aos oitenta e muitos anos, ter a coragem de investir em larga escala na plantação de pomares de frutos secos, oliveiras e cerejeiras.
O Sr. Francisco teve uma vida longa, cheia de sucessos e adversidades, que terminou hoje aos 93 anos.
Poderiam ser muitos mais que ainda assim seriam poucos, tal não era a sua vitalidade. Era um visionário com o qual havia sempre algo a aprender.
Deixou-nos com lágrimas nos olhos, mas sobretudo, imensamente orgulhosos por termos feito parte desta história.Até sempre, Senhor Francisco.
Muito Obrigado por tudo.
30 /03/2020
In: Agrozel

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here