Poema a Ferreira – Dina Cotrim

0

FERREIRA

Sou Ferreira sou menina
No Ribatejo me encontro
Abraçada pelo o Zêzere
E Nossa Senhora do Pranto
Sou brilhante sou vaidosa
Da cultura e minha gente
Ela nos une e nos mostra
O passado e o presente

Tenho o Céu tenho as estrelas
Pertença de todos nós
Tenho ambição e cultura
Vinda dos nossos avós
Tenho em mente um projeto
Que se chama “ passadiço “
Para a Península de Dornes
Que merece bem mais que isso

Sou Vila e sou Concelho
Respeito e prezo o meu povo
Com justiça e com verdade
Juntos somos um só todo
O Santuário em Dornes
No Século XIII foi fundado
Por Rainha Santa Isabel
No seu honroso reinado

O Hino de Portugal
No meu concelho nasceu
Seu berço está entre nós
Em breve será um Museu
Entre Dornes Beco e Areis
Temos o Zêzere Sagrado
Turismo religioso
Bem-vindo e desejado

Com três igrejas unidas
Num percurso bem traçado
Marcando o caminho santo
Do nosso Zêzere Sagrado
São nossos os bons maridos
E as boas esposas também
São nossas as tigeladas
De Ferreira – Santarém

Dentro de mim eu abrigo
Uma jovem capital
O mundo ela abastece
Com ovos de Portugal
Com minha gastronomia
Gente boa e hospitaleira
Quem nos visita não esquece
A sua vinda a Ferreira!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here