Ferreira do Zêzere, hoje é o teu dia

0

Passam os dias, continuo apaixonado por ti. És tanto e muito. És tão bonita, és tão maior, que sou um privilegiado por assistir ao registo da tua história.

Terra de um povo de ganas, empresários de fibra, jovens de trabalho, que vivem e educam os seus filhos, também aconselhados pelos maiores.

Tens o Zêzere que banha Dornes, tens a Ivone Silva, compuseste até a orquestração d’A Portuguesa pelas mãos de Alfredo Keil. Ah, como orgulhas as nossas gentes.

Mereces tudo, merecias até uma singular cerimónia digna do teu tamanho, agora condicionada por esta particular pandemia. O teu pôr do sol, as tuas serras, os teus recantos, o teu lugar, o teu ar, elevam-te para um palco que poucos podem pisar.

Peço-te que resistas, que reajas, que insistas, que persistas, pois resplandecerás muito e mais.

Sabes que envaideces os nossos, sempre que falamos de ti. Sabes que geras saudade e até cobiça. Peço-te mais, peço que sejas mais, que faças dos teus o que fizeste de ti.

Hoje, enaltece-te, reforça o teu crer, protege os teus e torna claros os horizontes teus. Eu cá continuo, apaixonado por ti.

Peço-te que neste teu dia, exaltes os nossos laços enquanto filhos teus, que nos ampares e abrigues. Mas que nos amplifiques a ambição e aspiração a outros futuros e propósitos.

Um abraço a todos nós, filhos deste Concelho ímpar.

Bruno Gomes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here