Marcos da literatura no Sardoal

0

Realizou-se no Centro Cultural Gil Vicente no Sardoal a iniciativa mensal “Marcos da Literatura”, desta vez sobre a obra “Walden ou a vida nos bosques”, da autoria de Henry David Thoreau, apresentada por Natércia Lopes.

A organização é do Clube de Filosofia de Abrantes  com o apoio do Município de Sardoal.

Para além da apresentação do livro escolhido, cruzam-se também várias reflexões sobre o contexto literário, histórico, filosófico, …

SINOPSE

Publicado em 1854, este pioneiro livro de auto-descoberta narra a experiência de dois anos de isolamento de Thoreau no lago Walden (Massachusetts, EUA) e inclui referências a temas como mitologia, história, poesia, carpintaria, fauna e flora. Acima de tudo, são as ideias do autor quanto à melhor maneira de viver uma vida simples, em harmonia com a Natureza circundante e, portanto, exterior, mas especialmente com a nossa própria e intrínseca natureza humana. Este livro é considerado tão revolucionário e anti-capitalista como o Manifesto de Marx e Engels, embora aqui a resposta dependa mais das acções individuais, da nossa mudança interior, do que da mobilização popular. (In: Wook)

No próximo mês o livro escolhido foi Doutor Jivago de Boris Pasternak.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here