Entrevista a Hugo Azevedo, Presidente da União de Freguesias e Areias e Pias c/vídeo

0
Esta segunda-feira continuamos a divulgar as entrevistas aos Presentes de Junta do concelho de Ferreira do Zêzere.
Hugo Azevedo está no segundo mandato nesta união de freguesias.
Areias e Pias orgulha-se da sua história e dos seus monumentos.
Pias já foi Vila e sede de Concelho tem como principais monumentos, o Pelourinho, a Igreja Matriz e as “Pias”, a nível cultural, destaca-se o Rancho Folclórico e Etnográfico da Vila de Pias, o primeiro no concelho a receber o selo de qualidade da Federação de Folclore Português. 
Areias, outrora Santa Maria das Arenas, tem na Gruta de Avecasta (conhece-se a ocupação desde o paleolítico) e a Igreja Matriz (estudo do arquitecto João de Castilho) como os seus maiores tesouros.
Hugo Azevedo, Presidente desta união de Freguesias falou ao Região do Zêzere do trabalho que está a ser feito para unir estas localidades, das obras na sede, no parque de lazer e mercado.
Referiu estar junto da população no caso Biocompost e diz que vai lutar para que o ambiente seja de qualidade. Pediu novamente a união da população e o apoio da Câmara Municipal para que apelem e reúnam com os serviços governamentais a resolução deste problema.
O envelhecimento da população também é uma realidade e o Lar de Areias é a entidade que gera mais emprego.
As Jornadas da Saúde, o BTT e a Feira da Ascenção continuam a ser apostas fortes deste executivo.
Presença na Internet: http://www.ufap.pt/

Pias
Foi vila e sede de concelho até ao início do século XIX. O concelho era constituído pelas freguesias da sede, Areias e Chãos.[2] Em 1801 tinha 3520 habitantes e 74 km².
Areias
Os primeiros traços de ocupação, de acordo com vestígios encontrados na Gruta de Avecasta, remontam ao período do paleolítico. Os romanos também se fixaram por terras de Areias, explorando ouro no rio Zêzere.

Em 
1321 os seus domínios foram divididos em comendas, sendo a povoação de Areias a sede da comenda de Pias. Segundo a ordenança de 19 de Agosto de 1326 de D. João Lourenço, mestre da Ordem de Cristo, o seu comendador era cavaleiro de Cristo e ficava com todo o rendimento do Lugar das Pias. No final do século XV foi desanexada do seu território a nova comenda da Sabacheira.Ainda antes da independência de Portugal, Areias fazia parte do Castelo de Ceras. Depois da fundação da nacionalidade, em Fevereiro de 1159, toda a área da localidade foi doada por D. Afonso Henriques aos templários. No reinado de D. Dinis, a Ordem do Templo foi extinta e, pela Bula do Papa João XXII, de 15 de Março de 1319, foi instituída a Ordem de Cristo, a quem passaram as posses dos templários de Tomar.
No ano de 1554, os moradores do Termo das Pias pediram uma igreja para o lugar dos Chãos, que abarcava a área da actual freguesia. Os habitantes queixavam-se «por não poderem ser socorridos com os sacramentos da Igreja, as crianças corriam grande perigo, quando as queriam baptizar, especialmente no Inverno, por causa dos maus caminhos e das ribeiras que tinham a atravessar e os defuntos faziam aquela viagem de que se não volta sem o conforto da extrema-unção». Foi com este pedido da população que se reconstruiu a Igreja Matriz, ficando a paróquia das Areias finalmente independente. Assim, a paróquia de Santa Maria das Arenas, como era denominada, deu origem a quatro freguesias.
Administrativamente, pertenceu ao Termo da Vila das Pias até 1836, altura em que ficou integrada no concelho de Ferreira do Zêzere.
In: Wikipédia


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here